Festa do Panelo - A festa que do pouco fez muito

Janeiro 28, 2021

Festa do Panelo - A festa que do pouco fez muito

Só um povo festeiro como o madeirense poderia fazer uma festa chamada Festa do Panelo”. Tudo é pretexto para confraternizar e a comida é apenas mais um… ou será, tudo é pretexto para comer e a confraternização é apenas mais um…? Seja como for, isto quer dizer que depois da Festa, vem mais festa…uma festa tradicional do Chão da Ribeira, freguesia do Seixal e que acontece no domingo que segue o dia 17 de janeiro, dia de Santo Antão.

Ficámos curiosos e fomos falar com o Sr. João da Luz, nascido no Seixal e hoje com 81 anos, para saber um pouco mais sobre a Festa do Panelo. O Sr. João contou-nos que esta festa já vem dos seus antepassados e que participa nela desde criança. A ideia era reunir a família e os amigos para comerem a carne do porco que tinham matado na altura do natal. Naquele tempo a vida era muito diferente dos dias de hoje. O trabalho era árduo e era habitual as pessoas terem muitos filhos, que depois de irem para a escola iam trabalhar para os campos. Os acessos eram difíceis e quem lá vivia alimentava-se da carne dos animais que criavam e do que a terra produzia.

O dia da Festa do Panelo era organizada pelos proprietários dos palheiros e começava logo de manhã bem cedo. Em cada palheiro juntavam-se os familiares e os amigos que preparavam as panelas para cozer a carne salgada do porco, as semilhas e as couves. Podiam juntar-se cerca de 50 ou 60 pessoas, conforme as famílias e os amigos, e cada uma levava o que tinha: bolos, aguardente ou vinho.

Nesse tempo não havia mesas suficientes, muito menos travessas, por isso, espalhavam-se as toalhas no chão, que por sua vez eram cobertas com folhas de couve para que a comida fosse disposta em cima destas, e assim, pronta para todos se servirem. Entretanto, também os habitantes de outros lugares se juntavam à festa que ia ficando mais animada com o bombo, a braguinha, o rajão e o acordeão, que acompanhavam as cantigas e as tradicionais desgarradas. E desta forma, andavam de palheiro em palheiro, cantando, bailando, comendo e bebendo durante todo o dia de domingo.

Esta tradição terá tido o seu início com um grupo de rapazes, que trazia das casas dos seus pais, a carne salgada e a coziam (em latas de banha) com o que a terra oferecia, que se resumia às semilhas e às couves. Claro que o vinho também não faltava e comiam, não nos palheiros, mas ao ar livre e nas folhas de couve que eram colocadas no chão, usando paus de urze ou louro como garfos. Este convívio fraterno de domingo foi crescendo e deu origem à Festa do Panelo, que é também uma forma de encerrar os festejos da época natalícia.

Já é mais que sabido que este ano não é possível ajuntamentos, pelo que não vai haver a Festa do Panelo que não seria muito diferente dos tempos que o Sr. João da Luz nos relatou. O que mudou entretanto? Talvez a maior mudança tenha sido os acessos ao Chão da Ribeira. Foram construídas estradas que facilitaram a circulação dos carros, permitindo que mais amigos e familiares de outros pontos da Ilha pudessem desfrutar deste banquete. Mudaram também alguns pormenores, como o facto de não se colocar o cozido no chão (embora alguns grupos ainda mantenham esta tradição) e ainda acrescentaram os enchidos e outras iguarias e bebidas que noutros tempos não havia. Mesmo assim, no geral, as mudanças não são assim tão significativas.

Em modo de conclusão, podemos dizer que este evento se tornou uma grande atração para toda a Ilha e é uma tradição que se mantém bem viva no Seixal. Mas não são só os mais antigos que participam, também a juventude marca presença e participa ativamente e com muito empenho. Povo festeiro, portanto, não perde uma oportunidade para conviver e esta festa é um excelente exemplo. E assim, do pouco que havia se fez uma grande festa.

#festapanelo #festa #chaoribeira #seixal #portomoniz #tradicao #ilhamadeira #mavipp #17janeiro #santoantao



  • Qualidade vs Preço
    Qualidade vs Preço

    O preço é importante: Oferecemos a melhor combinação custo benefício.

  • Apoio ao Cliente
    Apoio ao Cliente

    Os nossos empregados são os melhores: Temos sempre alguém para esclarecer as suas dúvidas.

  • Garantia de Satisfação
    Garantia de Satisfação

    Garantimos a qualidade do nosso produto, assim como o melhor aconselhamento aumentando a satisfação dos nossos clientes.

  • Compra Simplificada
    Compra Simplificada

    Facilitamos as encomendas por telefone, whatsapp, email ou loja-online.

  • Multibanco
    Multibanco

    Efetue os seus pagamentos por multibanco.

© 2022 Mavipp - O Fornecedor de Papel, Plástico e Químicos de Machico - Todos os Direitos Reservados
desenvolvido por nível criativo